Friday, 30 August 2013

It's Tidy, bitch (especial edição)


Isto é suposto ser uma Tidy? Eh mais ou menos… Hoje é sexta? Check… tenho um assunto polémico: check… tenho dois até! (e até podia ter três, mas não) Não tenho muito a escrever hoje até porque o “mood” ainda não permite. Talvez porque ando a ler imenso; a ser recusada em todas os sítios onde mando o CV, candidatura; talvez porque ando a reler manuscritos e tenho saudades de sair de casa às 6 da manhã para regressar às 8 da noite completamente estafada ou então porque estou farta de não conseguir escrever uma única palavra. Sinto saudades de estar ocupada a saber que vou ter um pagamento ao fim do mês nem que seja uma miséria… mas nada. Ou não respondem, ou dizem que não tenho perfil ou então oferecem horários indefinidos de trabalho… E talvez a minha escrita ande a sofrer com isso e por conseguinte o resto.
Mas deixemo-nos de tristezas e vamos ao primeiro tema que eu ainda tenho reviews para escrever hoje e mais manuscritos para rever.

Aproveito para anunciar também que, em breve,  irei colocar aqui o convite do lançamento da antologia “Amores contados” que se realizará em Lisboa. Por isso meninas de Lisboa esta semana em princípio estejam atentas, porque estão todas convidadas a verem-me ao vivo a dizer bacuradas.

Pequenas editoras = Vanities:

Eu gosto muito do Pedro Pinto, pronto admito, gosto do moço. Acho-o engraçado, gostei do livro dele (tirem lá as patinhas que o rapaz é sério e não olhem com esses olhos… não podem ver um homem solteiro que ficam logo doidas). Não sei o que lhe deu para escrever foi este artigo… acho que nem eu e no fundo nem ele! O Pedro Pinto é um querido que entende bastante de erótica e de poesia. Tem um je ne sais quoi de Miller dentro dele… por isso não sei porque caralho o P3 decide que o rapaz sabe de editoras! Ele é autor, não editor (e informático, o homem tem tudo!)

Tuesday, 27 August 2013

Diz-me quem és

Diz-me quem és
Jessica Bird
Editora: Quinta Essência

Sinopse:
Grace Hall é uma socialite deslumbrante, rodeada de glamour, privilégio e riqueza, mas a sua fortuna fez dela o alvo de um louco que anda a matar as mulheres mais influentes de Manhattan. Para se proteger, Grace exige o melhor dos guarda-costas – e depara com muito mais do que esperava. 
John Smith é um especialista em segurança intransigente e frio que é tão dedicado ao seu trabalho como é mortífero. Mudar-se para o luxuoso apartamento de cobertura de Grace é a última coisa que deseja, mas é impossível dizer-lhe que não. Quando explica as regras à sua nova cliente, surgem entre eles faíscas, bem como um desejo incendiário. Com Grace nos braços, John dá por si a baixar as próprias defesas. À medida que as noites amenas se tornam escaldantes e o assassino se aproxima, Grace e Smith enfrentam uma escolha crucial: seguir as regras ou seguir os seus corações.

Gosto mais das personagens femininas da Jessica Bird do que as da Ward… o que é estranho porque são a mesma pessoa… Mas parece que quando a Bird aparece, as personagens femininas deixam de ser florzinhas e passam a ser mulheres importantes e ao menos algo digno do século XXI.  Talvez por isso ache que me vou dedicar a ler só os livros dela como Bird e deixar a Ward de lado.

História:
Estrutura sólida com excelente pacing e momentos de tensão. John está a fazer de guarda do Emabixador quando vê Grace e fica completamente caidinho por ela, o encontro entre ambos culmina num beijo que John e Grace tentam esquecer, mas depois há algo que faz com que ambos tenham de conviver juntos. O assassino é um bocado óbvio, adivinha-se quase mal ele aparece, mas ainda que as mortes sejam um ponto essencial na relação entre Grace e John, o sexo e tensão sexual entre os dois cobre o resto.

Personagens:
Ao princípio quando se sabe que Grace é casada, poucas esperanças há que haja realmente algo mais entre ela e John. Visto o conde estar sempre ausente, torna-se relativamente fácil apaga-lo como personagem: longe da vista, longe do coração… do leitor. Esperava que ele aparecesse e que Grace fosse obrigada a conviver com ele para manter as aparências do seu casamento, mas tal não aconteceu. O que torna muito mais fácil para o leitor imaginar que ela é solteira. Ela é uma mulher de negócios eficiente, triste pelo recente falecimento do seu pai que lhe deixou a empresa e para além de estar na lista de “to kill” de um assassino, ainda tem de aguentar a pressão de ser uma mulher a liderar uma empresa repleta de homens que a querem ver porta fora. Apesar de tudo para uma condessa, ela consegue superar tudo, suck it up e ir em frente.
John Smith é um homem duro, com treinamento militar impecável e que quer tentar manter as coisas profissionais, mesmo que não o consiga. Enquanto Grace evolui para se tornar numa mulher confiante sexualmente, John cresce para um homem que está pronto para abrir o seu coração e tornar-se num homem que todas as mulheres desejam: querido, protector e espectacular na cama… ok talvez possamos tirar o querido. Ao contrário do que se pensa, John não muda. Simplesmente aprender a deixar uma parte de si escondida, vir à superfície.

Veredicto final:

Diz-me quem és é um livro sobre evolução de personagens e como duas pessoas completamente diferentes, de mundos opostos conseguem ser tão perfeitos um para o outro. É um novo tipo de “damsel in distress” apesar de tudo, embora Grace corra perigo e John tenha de a proteger, nada na personagem feminina grita “frágil” ou “helpless”. Talvez seja bom, de vez em quando, sabermos que temos alguém a proteger-nos e que se algo correr mal temos alguém a quem correr. 

  • Personagens cativantes;
  • História sólida.
  • Ver a história do pai de Grace mais explorada.



Para quem gostou deste livro, o 2º sai em Setembro:

Sinopse:
A conservadora de arte Callie Burke não está contente com a sua lucrativa nova missão. Restaurar uma obra-prima adquirida pelo implacável magnata Jack Walker devia ter sido o projeto de uma vida. Mas o problema não é o quadro - é que o sensual proprietário é uma obra de arte perfeita de seu próprio direito. A atração é recíproca, mas Callie sabe que misturar negócios e prazer é má idéia - e não apenas porque ela não pertence àquele mundo de privilégios: ela tem um segredo a esconder... um segredo que deve permanecer enterrado. No entanto, depois de se mudar para a mansão de Jack para fazer o trabalho, a centelha inegável entre ambos transforma- se numa paixão que tudo consome... e o passado oculto dela ameaça destruir qualquer possível futuro para eles.  Ao dar nova vida ao quadro, Callie sabe que o seu tempo com Jack é limitado... a menos que o amor possa de alguma forma encontrar uma forma de transformar um solteirão inveterado no marido dos sonhos dela.

Êxtase de J.R. Ward

Hoje sai nas livrarias este livro :) muitas bloggers já fizeram review dele. Julguei que o livro podia ser lido de forma independente, contudo aconselharam-me a não fazê-lo e a ler primeiro os outros. Ontem terminei a leitura do "Diz-me quem és" com a autora a assinar como Jessica Bird.

Os livros Nossos
Monsters Blues
Uma Biblioteca em Construção
Mil Estrelas no Colo

Sinopse:
Redenção não é uma palavra que Jim Heron conheça muito bem. A sua especialidade é a vingança e, para ele, o pecado é relativo. Mas tudo muda quando se torna um anjo caído e é incumbido da tarefa de salvar sete pessoas dos sete pecados mortais... e o fracasso não é permitido.
Mels Carmichael, jornalista do Caldwell Courier Journal, apanha o maior choque da sua vida quando um homem se atravessa à frente do seu carro junto ao cemitério local. Depois do acidente, a amnésia dele é o tipo de mistério que ela gosta de solucionar, mas em breve descobre que o passado é demasiado misterioso... e que está a apaixonar-se pelo estranho. Enquanto as sombras oscilam entre a realidade e o outro mundo, e a memória do seu amante começa a voltar, os dois aprendem que nada está realmente morto e enterrado. Em especial quando se está preso numa guerra entre anjos e demónios. Com a alma em jogo, e o coração de Mels em risco, o que irá ser preciso para salvar ambos?

J. R. WARD é a autora dos romances da Irmandade da Adaga Negra. Foi galardoada com o prestigiado Rita Award para para Melhor Romance Paranormal, tendo sido ainda nomeada várias vezes para os prémios da revista Romantic Rimes. Vive no Sul dos Estados Unidos com o seu marido incrivelmente generoso e o seu amado golden retriever. Depois de se ter formado em Direito, começou a sua vida profissional na área da saúde, em Boston, tendo passado muitos anos como chefe de equipa de um dos centros clínicos dessa cidade. Para mais informações, consulte www.jrward.com

Quickies marotas

Pensavam vocês que se tinham livrado de mim. A minha semana desde Quarta foi uma valente bosta, devido à morte de um familiar muito querido para mim. Passei basicamente os dias a ler para a maratona e andar de um lado para o outro. Hoje regressei ao trabalho e revi um manuscrito. Por isso esta semana recuperamos o ritmo normal das críticas. E nada melhor do que começar a semana com umas quickies!

6º livro da série Pride
Midnight in your arms
O legado Moorehouse
















Midnight in your arms
Morgan Kelly
Avon Impulse

Comecei este livro depois de ler umas 500 páginas da Queda dos Gigantes e estava a precisar de algo bastante light. Como o livro tinha time-travel e se passava nos anos 20, nada melhor que uma flapper e um cavalheiro victoriano para ler antes de ir dormir. A história é simples e consegue-se simpatizar bastante com as personagens. Foi engraçado ler sobre viagens no tempo quando há dias peguei num manuscrito meu que também tinha time travel. Engraçado porque só serviu para comprovar o que eu já sabia: time trave lis impossible! Acho que usamos estas viagens no tempo mais por uma questão de fantasia e porque às vezes seria tao bom podemos voltar atrás, mas na vida real isso seria impossível. Para além disso é uma história de amor engraçada, quase de época (visto que a única forma de sabermos que é nos anos 20 é através da vestimenta dela e a menção da 1º guerra mundial). De resto pouca menção faz de elementos históricos e foca-se tudo no time travel e no conflito. Alaric é um herói atormentado pela guerra, tal como Lauren que consegue compreender bem as suas cicatrizes de guerra. A química entre os dois decorre de uma forma algo rápida, havendo sempre espaço para o conflito. No final o amor triunfa, mesmo que o leitor se pergunte como é que eles vão viver os dois juntos (e irão perceber quando lerem o final).

Big Bad Beast
Shelly Laurenston
Kensington Publishing

Ai a minha Shelly! Esta mulher cria personagens completamente loucas! Adoro-as. Os livros têm imenso sexo, mas ela consegue enfiar personalidades geniais nas personagens e criar os casais mais estranhos de sempre. Este é o 6º volume da série Pride que conta com Dee Anne Smith e Ulrich Van Holz. Ela é uma assassina perigosa e ele … um cozinheiro. Uma combinação esquisita - pensam vocês, mas enganam-se. Adorei o facto do Ric gostar da Dee pelo que ela é e nunca a ter tentando mudar. De vez em quando alguns casais fazem algumas alterações à sua vida. O urso Novikov teve de se adaptar à sua parceira desarrumada Blayne e ela teve de se habituar a ter alguém obcecado por horários. Mas isso torna os livros super engraçados e queridos. As pessoas apaixonam-se pelas outras por mais defeitos que elas tenham. Isto misturado com muita acção, cenas de sexo escaldantes e personagens completamente insanas é do melhor que há. Completamente addictive! Tenho pena que me faltem apenas dois livros e o próximo só é publicado em 2014! Nunca tinha lido tanto livro da mesma autora em tão pouco tempo.

Beauty and the Black Sheep
Jessica Bird
Silhouette

De vez em quando aparecem livros que eu quero ler, outros arrisco porque God knows why! A verdade é que Jessica Bird ou, beg your pardon, J. R. Ward como é mais conhecida, foi traduzida pela Quinta Essência. Contudo, moi, je, desconfiada decidiu ler antes um livro que pouca gente conhecia… Sou uma rebelde! Este primeiro livro está traduzido pela Harlequin e eles foram uns fofinhos e decidiram meter as três histórias num só volume! See? Super fofinhos! Relativamente ao livro: gostei… bastante! A personagem feminina Frankie é bastante forte, nada dada a dramas e apesar de tudo é igualzinha a mim: não importa que estejamos sobrelotadas de trabalho, sem tempo para tudo – pedir ajuda está out of the question. Claro que quando Nate Walker, muito mais do que uma cara bonita, começa a ajudar já sabemos onde isto vai dar. Nate é cozinheiro (and a hell of a cook) e propõe-se a ajudar o hotel de Frankie que lhe foi deixado pelos familiares. Ma só até ao feriado depois ele vai-se embora… e o coração de Frankie talvez não aguente (ai filha nem o meu aguentava se eu tivesse um chef à minha disposição). Bom, mas isso não interessa nada! Está escrito de forma light, mas inteligente com os momentos certos de ternura, sexo e conflito – which is a plus. O segundo volume é com a irmã Joy e a sua história com Gray, um homem rico vindo da cidade e arrogante. Joy é mais docinha que Frankie e mais jovem também, por isso estou ansiosa para ver como é que eles se dão. O papel de Nate é ajudar Frankie e fazê-la ver que a vida não é só trabalho, qual será o do Gray?

Tuesday, 20 August 2013

Apaixonada por um milionário

Apaixonada por um Milionário 
Ruth Cardello
Tradução: Maria de Almeida
Páginas: 168
Coleção: Champanhe e Morangos Nº 52
P.V.P.: 12,60€
ISBN: 978-972-23-5106-5

Sinopse: 
Dominic Corisi é bilionário, tem um corpo perfeito e um charme irresistível que lhe garante que todas as mulheres que deseja lhe caiam aos pés. Quer dizer, todas menos Abby Dartley, uma jovem e atraente professora que não acredita em correr riscos, sobretudo no que toca a homens. É precisamente por isso que Dominic está decidido a não a deixar escapar e, quando os negócios o obrigam a viajar até à China, leva Abby com ele. Mas com as suas condições: sem promessas e sem compromissos. Só sexo. Porém, na China, Abby toma conhecimento de uma intriga que a poderá obrigar a abandonar o seu papel submisso de amante, mesmo que isso signifique perder o homem que ama...

Off-topic:
Reacção da minha mãe quando vê o livro:
"Só tu é que não arranjas um milionário!" - Exactamente isto que eu penso quando vejo estes livros! Calha a todas menos a mim!

 “Apaixonada por um milionário” começa de forma suave, vertiginosa e de repente ficamos apaixonadas por Abby e a sua personalidade caridosa, muitas vezes respondendo a Dominic à letra e a pedir para ele enfiar coisas por um sítio acima. Normalmente é este tipo de personalidade que o leitor gosta: uma mulher que consegue bater o pé, responder à letra não ligando a mais nada sem ser a forma como o homem a trata. Dominic não escapa ao já tradicional milionário arrogante, sempre com exigências, mas que aos poucos evolui de forma a tornar-se mais humano e mais próximo do normal. Apesar dos erros que comete por falta de tacto com as relações, a relação de Abby e Dominic serve para mostrar às leitoras mais românticas que uma mulher comum tem muito para ensinar a um milionário que tem tudo menos o essencial: saber viver.

O Barão: Sveva Casati Modignani

O Barão
Sveva Casati Modignani
Tradução: Regina Valente
Págs.: 504
PVP: 16,60 €

SINOPSE
Bruno Brian di Monreale, o Barão, como é conhecido, é o último descendente de uma antiga e nobre família siciliana. Bruno cresce na Califórnia, com um pai severo e distante e uma mãe dividida entre um casamento precipitado, onde não existe amor, e uma paixão deixada na sua Sicília longínqua. Mas são as raízes sicilianas que levam Bruno a regressar à sua ilha natal, ao seu avô, um velho aristocrata, e a Calò, o padrinho sempre presente. Serão estas duas figuras que lhe irão transmitir o saber ancestral das velhas famílias da nobreza e da sua ética e código de justiça. Bruno di Monreale envolve-se nos negócios do petróleo e das grandes multinacionais, tornando-se num homem poderoso e fascinante. Os amores inconsequentes e os casos fortuitos sucedem-se na sua vida glamorosa mas dominada pela insatisfação, até que se cruza com Karin, uma mulher reservada e misteriosa – o desafio por que Bruno ansiava e que lhe irá trazer o equilíbrio há tanto desejado.

Sunday, 18 August 2013

Dia 2 da maratona

Bem 2º dia da maratona e estou a aproximar-me de um número bastante perigoso...
Acho que vai ser a minha melhor maratona de sempre :) Espero conseguir escrever pelo menos uma crítica por dia, se bem que a do Follett vai ser um pouco árdua de escrever. E estou a pensar num novo formato para as críticas, algo que vai ajudar os leitores a entenderem as críticas.

Ontem terminei:
TERMINADO
Este não estava na lista
mas era tão pequeno
que não resisti




















Hoje:

A 200 páginas de terminar
e já posso enviar à próxima
menina!

Friday, 16 August 2013

Escolher os livros para a 35º maratona

Entramos na 35º maratona, onde os temas são:

- Romance contemporâneo (com esta é que me lixaram, nunca esperei un genre tão abrangente e eu que queria lixá-los com HardFC!);
- Desafio do Trio
Após conversação entre moderadoras, decidimos optar pelo A: ler só livros de autores do sexo feminino ou masculino [escolha individual] - eu vou ahead e feita doida vou escolher mulheres... só porque sim! (E também porque tenho muito poucos livros em casa de autores masculinos - GAJOS, onde é que vocês andam, filhos?)

O que acham da lista?

Os livros:

Betas:
Under a blood red moon:
20/209
Diabo do anjo: 60/199
Predador: 102 / 345

Terminar: A queda dos gigantes (já vou a meio e tenho de passar a outra pessoa)

437 p.
280 p.
280 p.
168 p.
273 p.
304 p.
336 p.
368 p.
























Wednesday, 14 August 2013

Apaixonada por um Milionário

Apaixonada por um Milionário 
Ruth Cardello 
Título Original: Maid for the Billionaire
Tradução: Maria de Almeida
Páginas: 168
Coleção: Champanhe e Morangos Nº 52
P.V.P.: 12,60€
ISBN: 978-972-23-5106-5
GÉNERO: Ficção e Literatura/Romance Romântico.
PÚBLICO-ALVO: Público feminino. Leitoras do género romântico com um toque de erotismo.

Para mais informações consulte o site da Editorial Presença aqui.

Data de Publicação: 6 Agosto 2013

PARA O SALVAR, ELA TEM DE ARRISCAR PERDÊ-LO PARA SEMPRE 

Autora bestseller do New York Times/ USA Today/ Amazon

Dominic Corisi é bilionário, tem um corpo perfeito e um charme irresistível que lhe garante que todas as mulheres que deseja lhe caiam aos pés. Quer dizer, todas menos Abby Dartley, uma jovem e atraente professora que não acredita em correr riscos, sobretudo no que toca a homens. É precisamente por isso que Dominic está decidido a não a deixar escapar e, quando os negócios o obrigam a viajar até à China, leva Abby com ele. Mas com as suas condições: sem promessas e sem compromissos. Só sexo. Porém, na China, Abby toma conhecimento de uma intriga que a poderá obrigar a abandonar o seu papel submisso de amante, mesmo que isso signifique perder o homem que ama... Ruth Cardello vive numa pequena propriedade em Rhode Island, nos Estados Unidos, com o marido e os filhos. O seu primeiro romance, 
Apaixonada por Um Milionário, publicado online em abril de 2011, tornou-se um bestseller, tendo alcançado o topo da lista de livros para Kindle da Amazon, com cerca de 500 000 downloads. 

CITAÇÃO: «Adorei. 5 estrelas! Recomendo vivamente a quem aprecie histórias em que o protagonista é um poderoso homem de negócios apaixonado». goodreads.com

Sunday, 11 August 2013

Entrevista no blogue Abacadabra de Carlos Silva

O "muy" simpática Carlos Silva perguntou-me se eu estava disponível para uma entrevista estilo podcast e aceitei. Entre temas como o meu trabalho como editora, manuscritos, Tidy Friday e uma pequena discussão sobre signos e estrelas em ascensão na literatura portuguesa.



O Carlos Silva fez uma série de perguntas no site dele. Vão lá ajudá-lo a melhorar este projecto :)

Saturday, 10 August 2013

O "Escravas" foi publicado em 1994, quase 10 anos depois a história repete-se

Como tenho andado à procura de emprego no UK, tenho igualmente estado mais atenta às notícias de lá. Hoje ao ler o Jornal de Notícias deparei-me com esta notícia:

Lançado alerta para aumento dos casamentos forçados

O Governo britânico alertou hoje professores, médicos e funcionários aeroportuários para o aumento dos casamentos forçados durante as férias escolares, recordando que no ano passado se registaram 1.500 casos.

No verão há um aumento de casos de jovens, sobretudo raparigas, mas também rapazes, que são levados para o estrangeiro "de férias", sem saberem que as famílias estão a levá-los para os forçarem a casar-se, informou o Ministério do Interior britânico.

Parece que afinal a história de Zana Muhsen repete-se com outros jovens.

Friday, 9 August 2013

Tidy Friday: they miss me!!!

Uma pessoa bem que passa o dia nos CTT, a ler, a descobrir que tem o peito cheio de blisters por causa do escaldão e esta gente lembra-se que hoje é sexta... vá pronto, acalmem as passarinhas que eu já vou! (Os termos que eu aprendo a ler livros eróticos).


Livros:

Esta semana regressei de férias e tive a escrever as reviews todas dos livros que li durante a semana:

e se for possível hoje escrevo a review de um livro da Harlequin! Vá, pronto já que vocês se portam tão bem e são tão fofas.

Thursday, 8 August 2013

DESCONTOS NA WOOK ATÉ -50% NA FANTASIA: o que comprar

A Wook está a fazer descontos até -50% em livros de fantasia. Aqui vai uma listinha dos livros que devem comprar - por serem tão baratos e tão bons! O Game of thrones já toda a gante conhece. Cliquem na banner para irem directamente ao site onde tem mais livros (incluindo GoT) e no título dos livros para irem a cada um.



Wednesday, 7 August 2013

Mini-review: As 1001 Fantasias Mais Eróticas

As 1001 Fantasias Mais Eróticas e Selvagens da História
Roser Amills
Editora: Presença
Nº de Páginas: 352
ISBN: 978-972-23-4991-8

Sinopse: 
Nesta obra fascinante encontramos uma coleção das mais selvagens fantasias eróticas de mil personagens célebres de várias nacionalidades e épocas históricas – Oscar Wilde, Marilyn Monroe, Casanova, Freud, Dali, Maria Antonieta, Madonna, Napoleão, entre muitos outros. São explorados, com um inteligente sentido de humor, os pontos mais altos que a imaginação pode alcançar em termos de sexualidade, sendo abordados aspetos como a linguagem e os sons sexuais, a fogosidade descontrolada, as práticas incestuosas ou o fetichismo.

Esta review vai ser muito curta, visto o livro ser uma espécie de dicionário biográfico, daqueles que se consulta para aumentar a cultura geral e, em festas, caso haja falta de assunto podemos sempre quebrar o gelo e dizer: Sabiam que um homem um dia pediu a Truman Capote que lhe assinasse o pénis? Ou que Margerite Duras teve um caso com um oficial alemão da Gestapo? E que diz-se que a Cleopatra praticou o felattio a cem romanos numa só noite e as mulheres pintavam os lábios de uma forma especial para mostrarem que gostavam de o fazer?

Ok, talvez não seja a melhor forma de desviar uma conversa, ainda assim é um excelente livro com pormenores sórdidos e brilhantes para quem tem colecções de livros eróticos em casa. Não é um livro para se ler de rajada, tal como qualquer livro de não-ficção. Mas sim para ser lido aos poucos e absorver os detalhes um a um.

E claro, estou super feliz de ter ganho este livro no blogue Crónicas de uma leitora e de o colocar ao lado do Trópico de Câncer.

Porque és minha

Porque és Minha
Beth Kery     
Editora: Saida de Emergência
320 páginas
ISBN: 9789896374815

Sinopse:
No instante em que Francesca e Ian se conhecem, a atração é mútua; uma carga requintadamente física incendeia ambos. Para Ian, ela é o tipo de mulher a que ele não resiste: inocente e pura. Para Francesca, ele é o tipo de homem que ela mais teme e deseja: sombrio, extremo, autoritário, e interdito. O que se passa entre eles não pode ser ignorado — apenas acatado, evoluindo para um inevitável vínculo.
De um jato particular para um interlúdio em Paris, de um ousado encontro num museu público para a intimidade de um hotel de luxo, Francesca e Ian estão um com o outro sempre que o desejo se torna premente. Mas à medida que a relação deles fica mais intensa, Francesca descobre algo a respeito de Ian — e dela própria — que altera para sempre o jogo e os jogadores. É algo com que eles nunca contaram, algo que lhes faz girar as vidas, delirantemente fora de controlo…

Ok terceira tentativa de escrever a review deste livro: antes que o pessoal me comece a chatear – sim, gostei, sim vou comprar o segundo livro. Pronto, podemos ir todos para casa e comer um cozido à portuguesa.

Tuesday, 6 August 2013

Ghostwhisper versão gira e menos lame

Primeira campa à direita
Darynda Jones
Editora: Círculo de Leitores
272 páginas

Sinopse:
Charley encaminha para a luz. O seu dom nem sempre é claro e linear. Por vezes, basta apontar o caminho aos que vagueiam sem aceitar a morte. Mas noutros casos, quando a morte foi violenta ou resultou de um crime, ela não consegue deixar de se envolver na busca da verdade. Por isso, alia a sua faceta de ceifeira com a profissão de detetive privado. Primeira Campa à Direita, o primeiro livro da série, coloca-nos face a uma ambiguidade constante entre o bem e o mal, entre a vida e a morte – entre o desejo de ajudar e a força maligna que sempre acompanha (e tenta) Charley, a protagonista.

Primeira campa à direita não começa da forma mais entusiasmante, é preciso habituarmo-nos de certa forma ao estilo de escrita (mais estilo tradução) da autora e nem pensamos muito na história. O que é uma pena porque a autora na língua original, o inglês, o estilo de escrita dela é muito engraçado, as piadas são giras, algumas brincam com as segundas intenções de algumas palavras e para quem gosta de línguas, humor inteligente é sempre bem-vindo. No início Jones mistura crime com investigação, humor e um pouco de erotismo, ingredientes que fazem com que este primeiro livro seja uma introdução bastante satisfatória para uma série de pelo menos 6 livros.

Monday, 5 August 2013

Quando uma mulher diz não: é não!

O Mundo Proibido de Daniel V.
Maria Luísa Castro
Páginas: 308
Editor: Prima-Donna
ISBN: 9789898461483

Bem este livro não tem muito que se lhe diga sem ser que falha nos principais aspectos que compõe um livro: personagens boas, história decente e escrita cativante. 

As primeiras páginas são a única coisa que se aproveita: uma longa carta de Verónica a anunciar que vai para longe porque tem de tirar Daniel Vasconcelos da sua vida e do sistema. A partir daí descambe tudo. 

Não sei muito bem se isto vai ser um spork ou uma opinião… mas é algo!

Sunday, 4 August 2013

The new Time Lord has arrived!

Peter Capaldi é o novo "Senhor do Tempo"


O actor escocês, mais conhecido pelo seu papel como Malcolm Tucker na série "The thick of it" foi anunciado como o novo Time Lord.

Friday, 2 August 2013

Em Agosto com a Saída de Emergência

E Se Fosse Um AnjoKeith Donohue

UM ROMANCE MÁGICO SOBRE A FAMÍLIA E O PODER DO AMOR

Há dez anos que Margaret não tem contacto com a sua filha Erica.

Esta fugiu com um jovem anarquista e vive à margem da lei no
Novo México, onde terá tido uma filha. Por isso, qu
ando numa noite
fria de Janeiro encontra uma criança abandonada à porta de sua casa,
Margaret acredita tratar-se da sua neta. A pequena Norah destaca-se
pela sua inteligência, bondade e cedo demonstra ter habilidades
extraordinárias que encantam a comunidade. Afirma ser um anjo e
consegue fazer duvidar os que a rodeiam. Mas quando uma carta de
Erica chega às mãos de Margaret, toda a realidade que esta criara
para explicar o sucedido ameaça desmoronar-se. Pois se Erica
nunca teve uma filha… quem será realmente Norah?
  

Carícias da NoiteLaurell K. Hamilton

Entre num mundo emocionante, voluptuoso, e tão ameaçador quanto belo, repleto de paixões ardentes e seres imortais.

Meredith Gentry faz-se passar por uma mulher normal, em Los Angeles,

onde trabalha como d
etective privada. Mas ela esconde segredos sobre o
seu passado. Agora, alguém foi enviado para a levar de volta para casa –
quer ela queira quer não. Subitamente, Meredith vê-se como um mero
peão, encurralada nos planos de alguém da sua família. Vão despertar
jogos de sedução, paixões ardentes, e a luxúria… Meredith terá de lutar
com as maiores tentações às quais nenhuma mulher conseguiria resistir.
Vai desfrutar da companhia constante dos homens mais irresistíveis que
alguma vez imaginou. Vai correr perigos para além da sua compreensão.
Há algo de diferente em Meredith. Algo que a torna apetecível e
indispensável. Um arrebatador desejo domina este livro da primeira à última página.
  

Dragões de um Alvorecer de PrimaveraM.Weis e T. Hickman

Prepare-se para conhecer Dragonlance, o clássico da fantasia que influenciou gerações de leitores com um novo mundo cheio de paixão e aventura.

Krynn prepara-se para a batalha decisiva contra os servos de Takhisis, a

rainha das Trevas. Os nossos companheiros têm em seu poder as misteriosas
e mágicas orbes e lança de dragão, mas será isso o suficiente para
resistirem às forças da escuridão?
Uma batalha ainda maior encontra-se por travar no coração de cada um
dos heróis. Tanis está dividido entre a perigosa Kitiara e o amor incondicional
de Laurana. Raistlin prossegue a sua demanda por mais conhecimento
e poder entre os magos de Krynn, mas o preço a pagar é elevado e
poderá não sobreviver. Saberá Caramon, o seu irmão, até onde vai a ambição
de Raistlin? Tasslehoff aprende, pela primeira vez, a sentir medo pelos
seus amigos. Com o alvorecer, novos segredos e traições, mas também grande coragem e sacrifício, serão revelados. Os deuses são testemunhas de que nada
voltará a ser o mesmo em Krynn.

Sangue Final Charlaine Harris

Há segredos na cidade de Bon Temps, segredos que ameaçam aqueles

que estão mais próximos de Sookie — e que poderão despedaçar-lhe o
coração... Sookie Stackhouse não pensa duas vezes antes de recusar o
pedido da sua antiga colega Arlene quando esta pede que lhe devolva o
seu lugar no Merlotte's. Afinal, Arlene tentou matá-la. O seu relacionamento
com Eric Northman, porém, não é tão claro. Juntamente com os
seus vampiros, ele mantém a distância... e um silêncio gélido. E,
quando Sookie descobre porquê, sente-se devastada. É então que um
homicídio chocante abala Bon Temps e Sookie é presa por esse crime.
Mas as provas são débeis e sai sob fiança. Quando começa a investigar
o homicídio, descobre que o que passa por verdade em Bon Temps é
apenas uma mentira conveniente. O que passa por justiça é mais sangue
derramado. E o que passa por amor nunca será suficiente... 

Pedra Pagã Nora Roberts

A Pedra Pagã existe há centenas de anos, muito antes de três rapazes se terem

reunido à sua volta e derramado sangue num pacto de irmãos, libertando
inconscientemente uma força malévola desejosa de caos e destruição.
Um desses rapazes, Gage Turner, foge do seu passado desde há muito tempo.
Filho de um pai alcoólico abusivo, a sua infância na cidade de Hollow foi tudo
menos fácil, e só a amizade com Fox e Caleb o salvaram.
Mas ao libertarem o mal sobre a sua terra natal, iniciando um ciclo de loucura e
crime a cada sete anos, Gage sabe que terá que ajudar os seus amigos a salvar a
cidade onde cresceu. Depois de uma vida inteira solitária, conseguirá ele criar
laços emocionais com as três mulheres a quem está preso pelo destino, em especial Cybil? Uma história de amor em que só abrindo o coração se pode almejar derrotar as trevas.

A Divina Comédia - O Inferno


A Divina Comédia - O Inferno
Autor: Dante
Colecção: Clássicos
Pvp: 16.91€
Pp.: 152
Versão em prosa.
Texto integral anotado.

A mais extraordinária criação daquele que foi o maior poeta italiano de todos os tempos e um dos espíritos mais brilhantes de que a Humanidade se pode orgulhar.

«Pelo seu carácter ardente e reflectido, pela sua imaginação criadora e visionária e pelo seu profundo realismo, pelo equilíbrio entre o sentimento religioso e o sentimento cívico e político, pela sua altivez indomável.
Dante é um dos espíritos mais completos e mais universais de todos os tempos.»

«Foi sobretudo em O Inferno que Dante soube dar livre curso à sua imaginação descritiva.»